domingo, 25 de dezembro de 2016

Sodoma e Gomorra

Sodoma e Gomorra



Sodoma e Gomorra. Duas cidades da Bíblia que foram punidas porque seus habitantes viviam em pecado muito grave.

Na Bíblia no segundo testamento fala-se muito da Babilônia, no Apocalipse (Revelações). Existem várias Babilônias neste mundo hoje em dia. São cidades que tem de tudo do mundo material, tem fama mundial, porém estão envolvidas com crimes de todos os tipos.

As características destas cidades são as seguintes:

Muito sucesso material. Tudo de material se encontra ali. Comerciantes de todo o mundo se agrupam.
São sede da mídia mundial ou nacional, tem muita exposição internacional
A criminalidade é absurda a ponto de até chegar a um estado de guerra civil.
Os cidadãos de bem clamam por intervenção militar de tanto desespero da impunidade e da alta criminalidade e insegurança.
As pessoas tem moral muito deturpada e toleram crimes como policiais corruptos ou traficantes que supostamente fariam a segurança local.
Muitos cidadãos tem envolvimento com crimes.
As pessoas pagam muito caro e precisam de muito dinheiro para ter uma qualidade de vida muito ruim.
As pessoas são muito individualistas.
Grupos espirituais fortes já estão ali há décadas mesmo nos lugares mais pobres e problemáticos e ainda assim a violência e a energia só tende a piorar.
Um meditante, ao invés de se tornar um ponto de luz e permanecer no local ajudando a melhorar após meditar, acaba por sair do local por não suportar as energias.
A impressão que dá é que a maioria das pessoas que estão ali estão para explorar os outros ou explorar a natureza de maneira predatória.

Se uma cidade tem 6 características ou mais destas todas, podem se encaixar neste critério. A recomendação é que os cidadãos de bem sintam as energias e reflitam se não é melhor sair do local, pois os crimes e problemas vão demorar décadas para se resolverem, afinal mesmo as pessoas mais fortes espiritualmente não estão mais suportando ficar no local.

A tendência das pessoas de bem ali são as seguintes:
Sofrer muito.
Ter muitas limitações.
Se auto-sabotar.
Adoecer.
Enlouquecer.

Dito isto, peço a reflexão das pessoas sobre estes lugares no mundo. As cidades muito grandes tem esta energia muito pesada e isto só serve para depurar até que as pessoas de bem mais resistentes estejam num nível energético que não consigam mais suportar tal densidade e saiam dali. Pois a tendência nestas fases avançadas da transição planetária é que espíritos atrasados também venham em grande quantidade porque são suas últimas reencarnações neste planeta e eles reencarnarão nestes locais de energia mais pesada. Se estão nas últimas reencarnações é porque não podem mais resistir à elevação das energias (eles estavam como espíritos e agora num expurgo final precisam reencarnar para saírem de vez), ou seja, não tem como eles acompanharem energias elevadas nesta fase e portanto não dá para modificá-los por mais avançados que sejam os outros espíritos bons. E se eles não podem mudar nestes anos, continuarão a provocar sofrimento nas pessoas que estão em volta.

Isto força as pessoas de bem que resistiram nas cidades grandes a saírem como numa grande separação do joio e do trigo. As pessoas destrutivas ficarão nas cidades grandes se consumindo, se agredindo até que não mais resistam. As pessoas de bem que se dirijam para locais de paz, de menos materialismo, mais honestidade e que consigam sobreviver por mais tempo.

Um comentário: